Sexta, 05 de março de 2021
91980981659
Gerson Peres Filho

03/08/2020 às 07h29

321

Da Redação

Belém / PA

O PODER DO VOTO
.

Muitos municípios encontram-se com diversos processos jurídicos em decorrência de irresponsabilidade e improbidade administrativa ,mesmo com a Lei de Responsabilidade Fiscal , com a finalidade de orientar e ao mesmo tempo de enquadrar gestores, não tem sido suficiente para afastar os malfeitores do dinheiro público . É simples entender “ não se deve mexer no que não lhe pertence “ . Com um judiciário frágil e uma legislação flexível , segue os gestores se arrastando pelos corredores de Tribunais através de liminares . Conhecemos muitos gestores que em um país onde a legislação é justa em favor do povo , já estariam afastados ou até mesmo presos . O povo é o grande responsável pela volta dessa gente . Não pode reclamar ou argumentar quando o erro vem dele próprio. O que fazer para que haja mudanças ? Educação e muita educação . Não se trata somente da educação escolar mas também da educação familiar , uma questão de bom senso , coerência e patriotismo . 


O único instrumento certo para equilibrar gestão,  e povo feliz, é o voto popular . É fácil hoje em dia . As redes sociais e os meios de comunicações responsáveis estão cada dia mais perto do povo, basta ter vontade politica como cidadão de pesquisar em quem votar . 


Fora o voto popular, dificilmente pudemos fazer uma separação do joio do trigo através de decisões jurídicas. O que precisa ser feito é a força popular pressionar uma mudança radical no judiciário, caso contrário continuaremos a concordar com Rui Barbosa, quando diz “ A pior ditadura é do Poder Judiciário, contra ela não tem a quem recorrer “ . 


Uma feliz semana a todos 


GERSON PERES FILHO


Advogado e Radialista


 

FONTE: Bragança Hoje Online

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Bragançahojeonline 2021 Desenvolvido por:
Jayro Anderson