Quarta, 14 de abril de 2021
91980981659
Economia

01/03/2021 às 16h21 - atualizada em 01/03/2021 às 16h31

207

Da Redação

Belém / PA

General Motors vai suspender temporariamente contratos de trabalho na fábrica em São José dos Campos
Vai funcionar com um único turno de produção por pelo menos dois meses
General Motors vai suspender temporariamente contratos de trabalho na fábrica em São José dos Campos
.

A General Motors (GM) vai suspender por pelo menos dois meses o segundo turno de produção na fábrica de São José dos Campos, no interior de São Paulo, em razão da falta de componentes que vem impedindo o funcionamento regular da indústria de automóveis.


A montadora já vinha tendo desde o início do ano muita dificuldade no abastecimento da linha, o que levou a algumas semanas mais curtas de produção, com um dia útil a menos. Hoje, contudo, a GM comunicou ao sindicato dos metalúrgicos da região que precisará afastar 600 funcionários em layoff (suspensão temporária de contratos de trabalho) a partir da semana que vem. Com isso, a fábrica passará a funcionar com um único turno de produção por pelo menos dois meses, período em que a montadora espera normalizar os estoques de insumos.


A empresa citou os componentes eletrônicos, em falta no mundo inteiro, entre os itens que estão faltando. Em São José, são montados o utilitário esportivo TrailBlazer e a picape S10.


Em Gravataí (RS), onde produz o compacto Onix, a GM também vai suspender contratos de trabalho a partir do mês que vem, após a volta dos trabalhadores das férias coletivas.

FONTE: O Estadão

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Bragançahojeonline 2021 Desenvolvido por:
Geraldo Jamil