Terça, 16 de agosto de 2022
91992772955
Cidades

05/07/2022 às 15h51

141

Da Redação

BRAGANCA / PA

Polícia identifica mais um paraense envolvido em assalto à joalheria do Rio de Janeiro
O suspeito foi identificado como Luan Felipe Costa Ferreira, 31 anos, e é natural de Belém
Polícia identifica mais um paraense envolvido em assalto à joalheria do Rio de Janeiro
Reprodução

Outro paraense foi identificado pela Polícia Civil pela participação em assalto a uma joalheria no Village Mall, no Rio de Janeiro. O caso aconteceu na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio, no dia 25 de junho. O suspeito foi identificado como Luan Felipe Costa Ferreira, 31 anos. Ele está foragido e tem um mandado de prisão expedido pela Justiça, no dia 9 de março. Luan é natural de Belém.


As equipes policiais conseguiram chegar a conclusão de que era Luan no crime após as filmagens das câmeras de segurança do estabelecimento. A Polícia afirma que, nas imagens, ele estava vestido inteiramente de roupa preta e com óculos. O suspeito aparece também com uma arma em punho. Luan chegou a fazer uma mulher refém e atirou contra vidraças que guardam as joias, para que outros criminosos pegassem os itens.  


 A PC acredita que ele seja um dos mais perigosos da quadrilha. Pelos menos 12 criminosos participaram da ação, que resultou na morte do vigilante Jorge Luiz Antunes, 49 anos. 


Chefe do Comando Vermelho no Pará também estava no assalto 


Um dos chefes do Comando Vermelho no Pará participou do assalto à joalheria no Village Mall, no Rio de Janeiro. Ele foi identificado como Rodolfo Nascimento Silva, conhecido como Mãozinha, de 29 anos. Na ordem de prisão, ele é apontado como suspeito de cometer associação criminosa e latrocínio (roubo seguido de morte). 


Segundo a polícia, Silva é líder da maior facção criminosa do Pará e também está foragido da Justiça paraense, onde tem pendentes três ordens de prisão por homicídio. Ele foi reconhecido por testemunhas e já havia atuado no Rio pelo menos uma vez, em 2019, quando foi identificado como participante de outro assalto à mesma joalheria, em outra unidade.


Relembre o caso


Um assalto a uma joalheria do shopping Village Mall, estabelecimento considerado de luxo, terminou com a morte de um dos seguranças, após tiroteio, na noite sábado (25), no Rio de Janeiro (RJ).

As informações da Polícia Civil do Estado apontam que o bando era formado por 12 assaltantes. Equipes do 31° BPM (Recreio dos Bandeirantes) foram direcionadas para a ocorrência, mas, quando chegaram ao local, o segurança já tinha sido atingido.

FONTE: O Liberal

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Bragançahojeonline 2022 Desenvolvido por:
Jayro Anderson